Fechar
Subscreva a nossa newsletter

É só registar-se! Recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente no seu e-mail. É gratuito.

China continua a pressionar a procura por lácteos

publicado em 09-08-2017

Comente!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A procura por produtos lácteos está alta no mundo, mas não fantástica. A China apresenta uma boa posição compradora, em parte porque a sua própria produção de leite é baixa e permanecerá assim por um tempo, disse a analista de mercado da Bolsa de Valores da Nova Zelândia, Susan Kilsby.

Ela acrescentou que, sobre os outros mercados não existe o mesmo otimismo em países com economias muito ligadas aos preços do petróleo e não vai mudar enquanto o preço dessa commodity não se ajustar, disse a especialista, segundo divulgado pelo Instituto Nacional do Leite (INALE) do Uruguai.

Sobre os restantes mercados, ela disse que a procura está muito bem e que se espera que siga estável, mas se a produção continuar crescendo, esse fator pressionará os preços no futuro no caso de não haver uma procura adequada para essa produção.

Sobre as perspectivas de médio prazo da produção de leite, onde se coloca maior atenção é na Europa, porque espera-se ver crescimento e está começando a ver, especialmente em relação à velocidade de produção.

Durante os primeiros cinco meses desse ano, a produção leiteira da União Europeia (UE) baixou em 1,1% com relação ao mesmo período do ano anterior. Por sua vez, a produção de maio foi 0,1% inferior com relação ao mesmo mês de 2016.
As informações são do El Observador. 

Avalie este conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie o seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo no seu e-mail?

Receber os próximos comentários no meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento da MilkPoint.PT.

Consulte a nossa Política de Privacidade