FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

EUA lançam ato sobre leite escolar com o objetivo de aumentar o consumo do produto entre os estudantes

A introdução recente do School Milk Nutrition Act of 2017 tem como objetivo reverter o declínio do consumo de leite nas escolas dos EUA. O leite com sabor com baixo teor de gordura foi retirado dos menus do lanche escolar em 2013 como forma de reduzir a ingestão de açúcar entre as crianças, mas as organizações de lácteos argumentaram que, como resultado, mais e mais estudantes deixaram de beber leite com o lanche e não estavam recebendo uma quantidade adequada de nutrientes essenciais, como proteínas e cálcio.

School Milk Nutrition Act of 2017

De acordo com o presidente e CEO da Federação Nacional de Produtores de Leite (NMPF), nos primeiros dois anos que o leite desnatado com sabor foi retirado do programa de lanche escolar, o número de estudantes que beberam leite com o lanche caiu para 1,1 milhão. "O leite é a fonte número um de nove vitaminas e minerais essenciais nas dietas para crianças, e quando o consumo cai, a ingestão nutricional global das crianças dos EUA fica comprometida", afirmou Mulhern.

O projeto bipartidário foi apresentado pelos representantes dos Estados Unidos, Glenn Thompson (PA-05) e Joe Courtney (CT-02), que prometeram facilitar os "regulamentos desnecessários" colocados nas escolas para levar o leite como parte do lanche escolar e oferecer às crianças mais opções do produto. 

"Ao permitir às crianças mais opções de leite - incluindo leite com sabor – espero que possamos testemunhar o retorno do consumo aos seus níveis históricos e as crianças poderão novamente desfrutar do leite", disse Thompson. Uma vez promulgado, o projeto de lei faria as mudanças ao programa de lanche escolar, proposto pelo secretário da Agricultura, Sonny Perdue no início deste ano, permanente.

Principais disposições

Sob a nova lei, as escolas terão a opção de oferecer leite com sabor com baixo teor de gordura (1%) (em vez de apenas sem gordura), mas somente se o leite não contiver mais de 150 calorias por dose de oito onças (226,8 g), um esforço que começou por Perdue.

O School Milk Nutrition Act of 2017 também "elimina a papelada desnecessária e pesada para as escolas" para oferecer mais opções de leite e permitir que ele seja vendido em um recipiente com "tamanho apropriado para a idade como as bebidas concorrentes". Um programa piloto destinado a aumentar o consumo de leite com foco na melhoria da embalagem, refrigeração, sabores e vendas também será estabelecido, de acordo com a lei.

O ato também inclui uma disposição para permitir que os participantes no Programa Especial de Nutrição Suplementar para Mulheres, Bebés e Crianças (WIC) tenham acesso ao leite com baixo teor de gordura para eles e seus filhos por meio de um pedido por escrito. "Quando as crianças não bebem leite, é extremamente difícil obter quantidades suficientes de três dos quatro principais nutrientes mais escassos em dietas para crianças: cálcio, potássio e vitamina D. Esta legislação aborda essa lacuna nas escolas e no programa WIC".

As informações são do Dairy Reporter, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.