a carregar...
Fechar
Subscreva a nossa newsletter

É só registar-se! Recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente no seu e-mail. É gratuito.

Euromonitor: China ultrapassará EUA como o maior mercado de lácteos até 2022

publicado em 24-08-2017

Comente!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A China ultrapassará os EUA como o maior mercado de lácteos até 2022, enquanto a Índia ocupará o quarto lugar a partir de 2021, segundo pesquisa do Euromonitor International. O estudo mostra que nos próximos cinco anos, os países mudarão de importância devido às alterações na procura dos consumidores por produtos lácteos. Os americanos estão a beber menos leite e se tornaram mais cautelosos com bebidas como leite com sabor, já que as consideram não saudáveis devido ao alto teor de açúcar.

Entretanto, o crescente apetite da China por iogurtes levará o país a ultrapassar os EUA como o maior mercado de lácteos até 2022. Na Índia, a crescente consciencialização sobre saúde e higiene, combinada com o fato de os consumidores urbanos estarem a trocar o leite não embalado pelo embalado, levará o país a trocar de lugar com o Japão até 2021.

"Nos próximos cinco anos os países mudarão de importância devido à uma mudança na procura dos consumidores por produtos lácteos”, disse Pinar Hosafci, analista sénior de alimentos do Euromonitor International.

China ultrapassará EUA como o maior mercado de lácteos até 2022

China ultrapassará EUA como o maior mercado de lácteos até 2022
clique para ampliar*

Planos de crescimento da Yili

 
Para as vendas globais de iogurte na China, o iogurte de beber em temperatura ambiente é o principal direcionador de crescimento. Isto é em grande parte devido às grandes empresas expandindo seu alcance com ele, principalmente a Inner Mongolia Yili, com a marca Ambrosial. Um dos benefícios do produto é que ele pode ser conservado em temperatura ambiente, se tornando conveniente para os consumidores e retalhistas, já que possibilita uma distribuição mais ampla do que os iogurtes refrigerados. 

Os processadores também focam nas variantes probióticas de iogurtes de beber, o que contribui para aumentar as credenciais de saúde da categoria. No entanto, o aumento das vendas de iogurtes de beber levou a um declínio paralelo das bebidas lácteas com sabor, que são percebidas como menos saudáveis. A Yili anunciou um plano ambicioso para se tornar uma das cinco principais empresas de lácteos do mundo e de se transformar em uma gigante de alimentos saudáveis de 10 bilhões de yuan (US$ 1,49 bilhão) até 2020.

A empresa anunciou planos para adquirir a Guiyang Sanny Dairy em 2015 - maior empresa de lácteos da província de Guizhou - a fim de expandir sua presença no sudoeste e entrou no mercado em bebidas de proteínas vegetais e bebidas lácteas fermentadas para impulsionar o crescimento.

Noutros planos de crescimento, a empresa instalou uma planta de leite em pó para bebés na Nova Zelândia, entrou em acordo de cooperação em importação de leite com a italiana Sterilgarda Alimenti e assinou um acordo com a cooperativa leiteira norte-americana Dairy Farmers of America para construir uma fábrica de leite em pó de 80 mil toneladas em Kansas.

Os atuais 10 principais países são:

1. EUA
2. China
3. Brasil
4. Japão
5. Rússia
6. Alemanha
7. França
8. Índia
9. Reino Unido
10. México

Em 22/08/17 – 1 Yuan Chinês = US$ 0,14994
6,66815 Yuan Chinês = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)


As informações são do Dairy Reporter, traduzidas pela Equipe MilkPoint.
 

Avalie este conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie o seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo no seu e-mail?

Receber os próximos comentários no meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento da MilkPoint.PT.

Consulte a nossa Política de Privacidade