FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Indice de preços da FAO em queda

O índice de preços dos alimentos da Agência das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) caiu 1,3% em junho, em comparação com o mês anterior, na primeira retração deste ano. O indicador ficou em 173,7 pontos, com a queda no preço de muitos produtos devido às tensões comerciais envolvendo os EUA.

O maior recuo foi nos cereais, com queda de 3,7% na comparação mensal, para 166,2 pontos. "Apesar da pior perspetiva de produção, os preços do trigo e do milho caíram em junho, seguindo tendências similares observadas na maioria das commodities decorrentes do aumento das tensões comerciais. Por outro lado, os preços do arroz aumentaram. O aperto na oferta sustentou cotações do arroz japonês", diz a FAO.

O indicador de óleos vegetais ficou em 146,1 pontos, com queda de 3%, devido ao declínio dos preços da soja, girassol e palma.

Os valores dos lácteos recuaram 0,9%, na comparação mensal, com a queda nos preços dos queijos compensando o aumento do leite em pó desnatado. A manteiga e o leite em pó inteiro, por sua vez, ficaram estáveis. O indicador ficou em 231,2 pontos.

No caso das carnes, os preços médios internacionais subiram 0,3%, para 169,8, em função de um pequeno aumento nas cotações da carne ovina e de porco, enquanto a bovina e a de frango recuaram.

Por fim, a FAO afirmou que índice para o açúcar subiu 1,2% em junho ante maio, com 177,4 pontos, após seis meses consecutivos de declínio. 

As informações são do jornal Valor Económico.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.