Fechar
Subscreva a nossa newsletter

É só registar-se! Recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente no seu e-mail. É gratuito.

Índice de preços de alimentos da FAO sobe 0,8% setembro; lácteos puxam alta

publicado em 10-10-2017

Comente!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O índice de preços dos alimentos da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) atingiu em média 178,4 pontos em setembro de 2017, aumentando em 1,4 pontos (0,8%) em relação a agosto e em 7,4 pontos (4,3%) em relação a setembro de 2016. Os preços mais firmes nos setores de óleo vegetal e produtos lácteos estiveram na origem dos aumentos.


O índice de preços de produtos lácteos da FAO ficou em média em 224,2 pontos em setembro, 4,5 pontos (2,1%) a mais em relação ao mês anterior. Neste nível, o índice foi 27,4% maior do que no período correspondente do ano passado, mas ainda 18,6% abaixo do seu pico alcançado em fevereiro de 2014.

O aumento em setembro reflete restrições contínuas de oferta na Austrália, Nova Zelândia e União Europeia, com o crescimento nos Estados Unidos permanecendo tímido.

A manteiga e o queijo continuam a ser os produtos lácteos com a maior procura, especialmente na Ásia. Enquanto isso, os preços internacionais de leite em pó desnatado e leite em pó inteiro caíram devido a interesses de compra limitados.

As informações são da FAO. 

Avalie este conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie o seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo no seu e-mail?

Receber os próximos comentários no meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento da MilkPoint.PT.

Consulte a nossa Política de Privacidade