FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Produção de leite da Nova Zelândia cai a ritmo mais rápido

A queda na produção da Nova Zelândia, cujas perspectivas de declínio têm sido um importante fator na recuperação dos preços globais, deverá ocorrer ainda mais rapidamente do que se pensava anteriormente – no seu nível mais acentuado desde pelo menos os anos noventa.

A previsão veio duas semanas depois de a Fonterra ter revisto a sua previsão para queda na produção de leite em 2015-16, que começou em junho, para 5%, de 2%.

A produção declinou três vezes até agora nesse século XXI, mas nunca em mais de 3%, mostraram dados do BNZ.

O banco disse que esta redução nas expectativas seguiu uma produção menor do que a esperada de leite até agora neste ano, até este mês, que tipicamente marca o pico sazonal na produção, o chamado “flush da primavera”, ajudado pelas fortes condições de pastagens.

“A Fonterra notou que a "sua" ingestão de leite caiu em 8% numa base semanal até setembro”, disse o BNZ, citando condições de seca e o desincentivo aos produtores devido ao preço do leite, que alcançou o seu menor valor em 13 anos no início da estação.

“A menor produção nesse ponto reflete uma combinação de clima desfavorável no inverno e início da primavera, provavelmente menos vacas em lactação e baixo preço do leite”.

O El Niño, que tem uma história de causar seca em algumas áreas importantes de produção leiteira, está gerando dúvidas sobre o futuro da produção.

“A maior variação na oferta de leite anual ocorre na segunda metade da estação, durante o verão e o outono [no hemisfério sul]. É aí que as condições atuais do El Niño deverão prejudicar mais a produção, se de facto prejudicarem em alguma extensão”.

Esses comentários seguem uma forte recuperação nos preços dos lácteos, que aumentaram em 48% desde o começo de agosto nos leilões da GlobalDairyTrade, da Fonterra. “As expectativas de menor produção de leite na Nova Zelândia são pelo menos parte do forte aumento nos preços dos lácteos nos últimos dois meses”.

A melhor previsão de preços tem potencialmente aumentado em NZ$ 2 bilhões (US$ 1,28 bilhões) as previsões de receitas com lácteos da Nova Zelândia, levando-as para um valor acima das de 2014-15. Entretanto, o valor “ainda será de mais de NZ$ 5 bilhões (US$ 3,21 bilhões) a menos do que o obtido nas duas estacoes anteriores e quase NZ$ 2 bilhões (US$ 1,28 bilhões) a menos que a média dos últimos cinco anos. As informações são do Agrimoney.

Em 05/10/15 – 1 Dólar Neozelandês = US$ 0,57382

1,54878 Dólar Neozelandês = US$ 1 (Fonte: Oanda.com) 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.