ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Confraria do Leite realiza 8ª cerimónia de entronização

 

 

Realizou-se no passado dia 01 de junho de 2018, no Auditório da Sede da Proleite, a VIII Cerimónia de Entronização da Confraria Nacional do Leite. Foram diversas as individualidades entronizadas, das quais podemos destacar (foram-lhes atribuídas o título de confrades de honra) o Sr. Engº Ilídio Costa Leite Pinho e o Professor António Leite Pinheiro de Magalhães. Foi ainda atribuído o título de confrade de Mérito (a título póstumo), pela importante contribuição para o sector do Leite e Lacticínios, à Sra. Engª Maria Antónia Figueiredo e à Sra. Engª Dina Mota Alves. Todos os novos confrades (17 Confrades Irmãos e 2 Confrades de Honra) prestaram juramento de defesa do produto de excelência que é o Leite. Seguiu-se a esta cerimónia uma missa na Igreja Matriz de Oliveira de Azeméis e um almoço de confraternização no Hotel Dighton.

 

 

Informações sobre a Confraria

A criação de uma Confraria Nacional do Leite resultou inicialmente do sonho do Comendador Fernando da Silva Mendonça, o qual entendia que uma Organização desse género, constituída por individualidades de reconhecido mérito, poderia contribuir para o fortalecimento do sector leiteiro e a projecção da sua imagem, assim como dos produtos lácteos, na sociedade.

Após o seu inesperado desaparecimento, em Dezembro de 2010, esta tarefa foi assumida com afinco e sentimento de dever por um conjunto de individualidades que bem conheciam a referida intenção, pelo que no dia 29 de Agosto de 2011 os Senhores Francisco Marques, Simão Alves e Amadeu Sá Matias, na qualidade de membros da Comissão instaladora, formalizaram em escritura pública a constituição da CNL- Confraria Nacional do Leite.    

Dos Estatutos da CNL então constituídos, que constam em anexo do presente relatório, destacámos:

Primeiro - Estabelecer ligações com produtores, agentes económicos, entidades privadas e outras confra­rias ligadas ao leite e gastronomia, suas Federações e Confederações, bem como com a comunicação social;

Segundo - Promover e apoiar a valorização dos conhecimentos dos seus associados no que respeita às ac­tividades de produção de leite, bem como representar os associados na defesa dos seus direitos e interesses no âmbito do objecto social desta Confraria;

Terceiro - Promover a realização de concursos, provas, acções de promoção e outros eventos, com carácter periódico, devendo os respectivos regulamentos serem aprovados pelo Grão Capítulo;

Quarto - Fomentar a produção, consumo, valorização e comercialização de leite nacional e seus derivados, quer no território nacional quer no estrangeiro;

Quinto - Divulgar tudo quanto respeite ao leite nacional, considerado com interesse para os seus associa­dos, e a sua incidência sobre a saúde, dando relevância à importância dos seus constituintes;

 

 

No Objecto da CNL fica, assim, evidente o desejo de promover o produto “leite” e os produtos lácteos por todas as vias possíveis, pelo que a agremiação nesta entidade assume uma forte responsabilidade de todos os seus membros. No final de 2011, a Confraria elegeu pela primeira vez os seus Corpos Sociais, tendo de seguida organizado o I Capítulo da Cerimónia de Entronização, o qual se realizou no Museu Municipal de Penafiel.

 

 

  • Divulgar e promover o produto nacional, o leite, abrangendo fundamentalmente as suas vertentes históricas e culturais, mas também, as económicas, sociais e outras.

 

 

  • Representar os seus associados na defesa dos seus interesses globais, no âmbito definido no número anterior, perante entidades oficiais, instituições e outras associações ou entidades afins, nacionais ou internacionais.

 

A Confraria Nacional do Leite tem por atribuições estatutárias:

 

 

  • Primeiro - Estabelecer ligações com produtores, agentes económicos, entidades privadas e outras confrarias ligadas ao leite e gastronomia, suas Federações e Confederações, bem como com a comunicação social;

 

 

  • Segundo - Promover e apoiar a valorização dos conhecimentos dos seus associados no que respeita às actividades de produção de leite, bem como representar os associados na defesa dos seus direitos e interesses no âmbito do objecto social desta Confraria;

 

 

  • Terceiro - Promover a realização de concursos, provas, acções de promoção e outros eventos, com carácter periódico, devendo os respectivos regulamentos serem aprovados pelo Grão Capítulo

 

 

  • Quarto - Fomentar a produção, consumo, valorização e comercialização de leite nacional e seus derivados, quer no território nacional quer no estrangeiro.

 

 

  • Quinto - Divulgar tudo quanto respeite ao leite nacional, considerado com interesse para os seus associados, e a sua incidência sobre a saúde, dando relevância à importância dos seus constituintes;

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.