ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Ativistas: eles andam aí!

POR ANA FERNANDES

EDITORIAL E NOTÍCIAS DO MILKPOINT

EM 02-02-2018

0
4

Artigo de opinião

 

Este início de ano não foi fácil! Ainda mal tínhamos saído da época natalícia, e lá chegou a notícia: o decrescimento no consumo de leite foi em 2017, cerca de um milhão de litros por mês em relação a 2016. Más notícias, sem dúvida! (Mas isso é tema para outro artigo!...) E apesar de sermos um país pequeno, informação gera informação, notícias geram notícias e novos comentários. 

Curiosamente (ou talvez não!), em simultâneo o facebook do MilkPoint Portugal foi descoberto por um grupo ativista! Começaram a "chover" notificações de comentários “desadequados”. Imaginem o que seria colocarmos todos os dias comentários nas páginas “deles”: “têm ideia da pegada de carbono desse vosso copo de bebida de soja??”

Primeira conclusão: os ativistas andam aí, são reais e aparentemente o seu número está a aumentar.

Este acontecimento fez-me recuar a 2016, e concretamente a uma outra situação. Estávamos a poucos dias de realizar um dos nossos cursos, quando recebemos uma chamada de um "interessado". O interessado não era produtor, não era engenheiro nem veterinário... nem tão pouco estudante! O "interessado" deu os seus dados, mas felizmente ficou em lista de espera! Esta coisa de sermos um país pequeno e nos conhecermos todos (ou quase todos!) levou-me a fazer uma breve pesquisa pelo nome. E sim, o interessado era um ativista!

Segunda conclusão: um dia destes, algum irá aparecer e devemos estar preparados. 

Fazendo uma algumas pesquisas, encontra-se bastante informação e acabei por selecionar a Progressive Dairyman, que  aconselha algumas dicas para lidar com os ativismos:

  • Os ativistas dos direitos dos animais têm direito à liberdade de expressão. Deixe a polícia ou funcionários do evento gerir a situação
  •  Não permita que suas emoções lidando com violência: alimenta sua estratégia e pode fornecer imagens ou gravações para notícias. Lembre-se, a sua linguagem corporal e ações falam por si. Se desafiado, não pegue a isca!
  • Mantenha-se vigilante, pois os ativistas podem usar um telemóvel para gravar facilmente os seus comentários e publica-los nas redes sociais
  • Abstenha-se de publicar fotos ou vídeos de ativistas nas suas redes de redes sociais, pois apenas amplificará a sua mensagem

 

Por isso, mantenha a calma, foque-se no bem estar animal, e nas mensagens positivas, e beba um bom copo de leite morno!

ARTIGO EXCLUSIVO | Este artigo é de uso exclusivo do MilkPoint.PT, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.