FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Investigadores do Canadá investigam impacto de probióticos no leite em TDAH em crianças

A indústria de lácteos de New Brunswick, no Canadá, e uma companhia de probióticos de Quebec estão a financiar um estudo que avaliará se a adição de probióticos ao leite pode ajudar as crianças com o transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e ansiedade. 

O estudo, que está a ser realizado no laboratório de lácteos da província em Fredericton, está a analisar o leite de produtores em Maritimes para teor de gordura, proteína e outros indicadores. Cada amostra está a ser rastreada através de um código de barras de explorações específicas.

A diretora do laboratório, Joan Allaby, está a trabalhar com a estudante de mestrado em psicologia clínica da Acadia Universidade, em Wolfvolle, Anne Baccardax. Os pesquisadores estão a  tentardescobrir se a adição de probióticos, bactérias benéficas, como um suplemento de leite poderá ajudar as crianças com ansiedade e TDAH.

“Já foram feitas algumas pesquisas antes que mostraram os benefícios dos probióticos na depressão e na ansiedade em adultos e existe também uma ligação entre o intestino e o cérebro chamada de eixo cérebro-intestinal”, disse Baccardax. “Então, é nisso que nosso estudo se baseia, no pressuposto de que o equilíbrio, caso saia da linha, pode realmente afetar o que acontece em seu cérebro. Então, estamos teorizando que os probióticos podem ajudar a restaurar o equilíbrio dentro do intestino e ajudar alguns sintomas psicológicos”.

A companhia de probióticos em Quebec, Lallemand Health Solutions, é uma das patrocinadoras do estudo, que envolverá crianças de seis a 16 anos que têm sintomas de TDAH e ansiedade. Baccadax disse que espera que o estudo inclua 100 crianças.

As crianças tomarão um suplemento de probióticos e um placebo no leite em dois ensaios – cada um durando uma semana – e seus sintomas serão rastreados para qualquer tipo de melhoria.

A expectativa é que o estudo seja benéfico para a sociedade. O executivo sénior do projeto do Departamento de Agricultura, Aquicultura e Pesca e diretor executivo da organização sem fins lucrativos, Milk 2020, David Walker, disse que a indústria está ansiosamente à espera dos resultados do estudo.

A Milk 2020 foi lançada por produtores e indústria da província com o objetivo de trazer mais pesquisa e desenvolvimento, além de inovação, para a indústria de lácteos. “Gostaríamos de ver os resultados desse estudo e esperamos que indique que o consumo de probióticos usando o leite como mecanismo de distribuição ajuda a reduzir os efeitos de ansiedade e TDAH e crianças. Isso seria benéfico para a sociedade”.

O estudo custará C$ 15.000 (US$ 14.068). A Milk2020 investirá C$ 7.500 (US$ 7.034).

A reportagem é do http://www.cbc.ca, traduzida pela equipe MilkPoint Brasil.
 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.