FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

A entrada da Euronext no mercado das commodities lácteas pode oferecer uma "rede de segurança" ao preço do leite pós-quotas

A entrada da Euronext no mercado das commodities lácteas pode oferecer uma “rede de segurança” ao preço do leite pós-quota.
O diretor de desenvolvimento de negócios de commodities do Euronext, Nicholas Kennedy, disse que a introdução do mercado de futuros das commodities lácteas na Europa pós-quota fornecerá “um ponto de referência para o preço do leite”.

A Euronext, uma bolsa de ações e derivados pan-europeia, deverá lançar três contratos de commodities lácteas – manteiga com sal, leite em pó magro e soro de leite em pó doce – em abril. Isto celebra o lançamento previsto de seu novo complexo de derivados lácteos em Amsterdão de olho na abolição da quota de produção de leite da União Europeia (UE).

A grande preocupação com o fim das quotas é a volatilidade, segundo Kennedy. “Da próxima vez que houver uma grande volatilidade, não haverá nenhuma rede de segurança”.

A “ferramenta” de derivados lácteos da Euronext pode, entretanto, oferecer alguma proteção contra estas flutuações de preços, disse ele.

Para preparar o final das quotas a Euronext inicialmente anunciou planos para um conjunto completo de contratos futuros de laticínios pós-quota e opções em novembro de 2014. “Na espera pelo fim das quotas de leite as pessoas vinham levantando mais questões. O ponto inicial para todos é que não havia um ponto de referência para o preço do leite. Para encontrar uma solução, a Euronext focou-se nos derivados lácteos mais comercializados. Era necessário de um elemento leite, um elemento gordura e um elemento proteína”.

Tipicamente, apenas 1% dos contratos futuros de commodities vão para a entrega. Em cerca de 99% dos casos, os comerciantes fecham o negócio. Isto, “permite que as indústrias produtoras de commodities estimem os preços alguns meses em avanço e consigam proteger as suas margens”, disse Kennedy.

No futuro a Euronext poderá vir a adicionar mais commodities ao seu complexo de derivados, como o queijo. “Muito esforço está a ser feito neste sentido. A próxima fase será será observar e aprender. É impossível falar sobre volumes ou dizer o que será mais comercializado. Nada está gravado em pedra. Tudo está a começar e é tudo muito novo. Não estamos a excluir nada”, concluiu Kennedy.

A reportagem é do Dairy Reporter, e foi traduzida e adaptada pela equipa do MilkPoint.


0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.