FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

A exploração leiteira média é diferente do que se pensa

Em 2015, havia cerca de 121 milhões de produtores de leite no mundo. Quando se pensa sobre o porquê do setor de lácteos e as políticas governamentais estarem relacionados tão proximamente é porque tantas pessoas estão envolvidas na produção de leite globalmente, diz o diretor gerente da International Farm Comparison Network (IFCN), Torsten Hemme, durante a Conferência de Gestão de Grandes Efetivos Leiteiros, realizada no início de maio, perto de Chicago.

Ainda haverá 121 milhões de produtores de leite nos próximos anos? Os números deverão diminuir. “Quando os números de produtores declinam, os produtores e políticos ficam com medo e, então, começam os processos políticos para prevenir perdas. Podemos parar esta mudança estrutural? Não, mas o processo político estará lá e cabe-nos orientá-lo tanto quanto possível”.

É interessante notar que, até 2013, o número de explorações leiteiras estava lentamente a aumentar, cerca de 1% de aumento no número de explorações. Isto é um indicador de que mais pessoas adicionaram duas a três vacas no seu quintal, porque é um negócio atrativo comparado com não ter leite.

Qual o tamanho médio de uma exploração leiteira?

O tamanho de uma exploração é um indicador muito simples, mas significativo. Países com um tamanho de efetivo médio com mais de 100 vacas incluem Estados Unidos da América, Argentina, Uruguai, África do Sul, Oceania, Arábia Saudita, partes da Europa – especialmente, Reino Unido e República Checa. Entretanto, a maioria dos países no mundo não são de grande escala e têm efetivos menores.

“O tamanho médio de uma exploração leiteira a nível mundial agora é de cerca de 3 vacas, produzindo 18 quilos de leite. Metade disso é para consumo próprio e a outra metade, é vendida. Isto é a realidade”.

Hemme diz ainda que 73% das explorações leiteiras estão classificadas naquilo a que se chama de explorações de pequena escala ou familiares, que possuem 1 a 2 vacas, enquanto cerca de 23% possuem de 2 a 10 vacas.

“Esta é realmente a maioria das explorações, agora, a questão é: onde estão as vacas? Este é um indicador de como está a produção. Cerca de 60% das vacas leiteiras estão em explorações de pequena escala ou familiares, enquanto cerca de 26% das vacas estão na categoria de explorações familiares médias, que têm 10 a 100 vacas. Cerca de 15% das vacas estão em explorações comerciais com mais de 100 vacas”.



Em alguns países, explorações com 100 vacas seriam consideradas como um hobby, mas Hemme defende que é importante ver a indústria de lácteos com uma visão global. “De momento, talvez 3% das vacas leiteiras totais estejam em efetivos com mais de 1000 vacas. É interessante notar que nós provavelmente temos 300.000 rebanhos globalmente, com mais de 100 vacas. E, claro, grande parte deles estão nos Estados Unidos”. As informações são do http://www.thecattlesite.com.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.