ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Apesar da recuperação nos leites em pó, índice de preços GDT cai 1,7%

Na última terça-feira (17/07) foi realizado o 216º leilão GDT no qual o índice de preços caiu 1,7%, levando o preço médio para US$ 3.222/tonelada. Como mostra o gráfico 1, no evento anterior, o índice havia retraído 5%, com queda generalizada entre os produtos negociados. Dessa vez, até houve certa recuperação nos leites em pó, mas insuficiente para impedir uma nova queda no índice de preços.

Gráfico 1. Preços médios e variação no índice de preços em relação ao leilão anterior. Fonte: Elaborado pelo MilkPoint a partir dos dados da Global Dairy Trade. 

O volume negociado neste leilão, de 25.454 toneladas, foi muito semelhante ao que havia sido negociado no último (26.519 toneladas). No próximo evento (agendado para 07.08.18) já se espera um volume bem mais robusto, uma vez que o próximo leilão será o primeiro da época 2018/19 da Nova Zelândia, e é historicamente comum que o 1º evento de agosto traga uma oferta bem maior, com uma maior atividade dos vendedores.

Tratando novamente dos preços, neste leilão, com exceção do leite em pó desnatado (+0,8%, chegando a US$ 1.959/tonelada) e do leite em pó inteiro (+1,5%, chegando a US$ 2.973/tonelada), todos os demais produtos basicamente estenderam as quedas que haviam ocorrido no leilão passado, o que reflete os fundamentos atuais do mercado: produção mais robusta dos maiores produtores do mundo; importações desaquecidas em 2018 e temores quanto à disputa comercial envolvendo China e EUA, e como isso afetará o comércio internacional lácteo. Observe no gráfico 2 a variação de alguns dos principais produtos negociados na plataforma.

Gráfico 2. Variação do índice de preços GDT em relação ao leilão anterior dos principais produtos negociados. Fonte: Elaborado pelo MilkPoint a partir dos dados da Global Dairy Trade.

Quanto aos leites em pó, é arriscado afirmar que a valorização verificada seja estrutural e consistente, principalmente por conta dos atuais fundamentos que regem o mercado (abordados acima). Mesmo assim, a forte desvalorização do leilão anterior fez que com o leite em pó inteiro da Nova Zelândia se tornasse mais competitivo frente ao europeu, o que pode ser favorável em uma eventual “disputa” por mercados consumidores. Observe o gráfico 3.

Gráfico 3. Preços atuais de leite em pó - GDT e União Europeia Fonte: Elaborado pelo MilkPoint a partir dos dados da Global Dairy Trade e da CLAL.

Em relação à competividade do leite brasileiro, o leite em pó inteiro negociado internacionalmente a US$ 2.973/tonelada, com a taxa de câmbio atual em torno de R$ 3,85/US$, resulta em um produto importado a R$ 1,29/litro – equivalente leite, como ilustra a tabela 1.

Tabela 1. Preço de leite internalizado*


*Leite em Pó Integral (GDT) versus taxa de câmbio – Origem Mercosul (sem tarifas de importação)

Por fim, ao analisar os contratos futuros, se nota que as negociações futuras da NZX apontam preços mais baixos no leite em pó inteiro para os contratos mais próximos na comparação com o GDT, indicando que ainda pode haver espaço para novas quedas nos próximos leilões, como ilustra o gráfico 4.

Gráfico 4. Contratos futuros de leite em pó integral – GDT vs. NZX.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.