FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Importações de lácteos da China mantiveram-se sólidas em junho


As importações de lácteos da China em junho mantiveram-se sólidas, disse a analista do Daily Dairy Report, Sara Dorland, que também é gestora da Ceres Dairy Risk Management, de Seattle. Embora a maioria dos produtos enviados à China tenham tido origem na Nova Zelândia e outros países, ela notou um aumento nas importações chinesas de lácteos ajudará a pressionar os mercados globais.

Olhando a economia da China primeiro, o produto interno bruto (PIB) mostrou uma expansão de 6,7% em relação ao ano anterior, resultado de uma série de medidas de estímulo do governo chinês e do banco central que ajudaram a aumentar a procura do consumidor. O PIB no segundo trimestre também aumentou em relação ao do primeiro trimestre. As notícias foram bem vindas, dado que o objetivo da China é de ganhos no PIB de 6,5% a 7% com relação ao ano anterior.

A economia da China tem gradualmente passado de da indústria para um foco mais direcionado pela procura e a transição não tem sido fácil. No ano passado, a economia da China registou a sua taxa mais lenta de crescimento anual em 25 anos, de 6,9%. No meio de julho Li Keqiang, classificou a economia chinesa como “basicamente estável”.

Em relação aos lácteos, as importações de leite em pó desnatado da China em junho alcançaram 14.841 toneladas, de acordo com o Global Trade Atlas. Embora as importações de leite em pó desnatado da China tenham sido 16% menores que no ano anterior, elas aumentaram em 15% em relação aos níveis de maio em uma base média diária.

“A Nova Zelândia foi responsável por 63% das importações de leite em pó desnatado da China, enquanto as importações chinesas de produtos dos Estados Unidos caíram em 37%, ou 4.177 toneladas, para 7.104 toneladas”, disse Dorland. Em relação ao ano anterior até junho, as importações de leite em pó desnatado ficaram 4% acima das do mesmo período do ano anterior, após o ajuste para o ano bissexto.

“As importações de leite em pó inteiro foram ainda melhor”. Em junho, a China importou 26.887 toneladas de leite em pó inteiro, 120% a mais que no mesmo período do ano anterior, mas 14% a menos que em maio. “Esse volume de junho está em forte contraste com o ano passado, quando as importações de leite em pó inteiro em junho foram as menores para o mês dos últimos oito anos. As tendências históricas sugerem que a atividade de importação de leite em pó inteiro da China está a encaminhar-se em direção ao seu menor ponto sazonal”.

A Nova Zelândia foi responsável por 99% das exportações de leite em pó à China nesse ano.

“As importações de queijos pela China continuam a aumentar. De facto, o mercado de importação de queijos da China está rapidamente a aproximar-se dos níveis do da Coreia o Sul e do México”. Em junho, a China importou 8.113 toneladas de queijos, 28% a mais que no ano anterior e 22% a mais que em maio. A Nova Zelândia e a Austrália recolheram a maioria das importações de queijos da China, com a Nova Zelândia sendo responsáveis por 48% e a Austrália, com 27%.

“Novamente, os Estados Unidos perderam volume de importação comparado com junho de 2015. As exportações de queijos dos Estados Unidos à China caíram em 39%. Durante os últimos anos, entretanto, o ritmo de importação da China para queijos vem aumentando rapidamente. Os ganhos de importação da China para queijos historicamente vem sendo calculados em uma base pequena, mas com o mercado da China em posição de rivalizar ou ultrapassar os mercados do México e da Coreia do Sul, os ganhos de importação de queijos estão a tornar-se bem mais significativos para os mercados mundiais de lácteos”. As informações são do http://www.milkbusiness.com. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.