FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Nova Zelândia deverá ter boom no mercado de lácteos em 2018

Jarred Mair, referiu que as últimas previsões, publicadas neste mês, mostram que nos próximos anos, a rentabilidade do setor primário na Nova Zelândia deverá aumentar numa média de 5,4% por ano, alcançando NZ$ 47,9 bilhões (US$ 34,52 bilhões) até junho de 2021.

As receitas de exportação de lácteos deverão aumentar 3% em 2017 após um declínio em 2016, mas deverão aumentar 24%, para NZ$ 17 bilhões (US$ 12,25 bilhões) em 2018 à medida que a produção de leite deverá retornar aos níveis anteriores após dois anos de declínio.

Tabela 1 - Receitas de exportação do setor de lácteos da Nova Zelândia (em NZ$ milhões) – 2013-2021

nova zelândia - mercado lácteo 2018

Além disso, aumentos recentes nos preços globais dos lácteos deverão ser sustentáveis em 2018. O preço do leite deverá aumentar 305,61 centavos de dólar em 2016 para 572,30 centavos de dólar em 2021, apesar de isso não se comparar ao pico de  605,46 centavos de dólar em 2014.

O documento mostra que, apesar do declínio em 2016, os lácteos deverão ser a principal fonte de receita de exportação da Nova Zelândia, com 36%. O relatório cita o clima mais húmido que o normal na primavera como responsável pelo declínio na produção de sólidos do leite para a estação de 2016/17. O pico de produção em outubro caiu 6,1% comparado com o ano anterior devido às pastagens encharcadas.

O relatório nota que uma queda na previsão nos números de vacas leiteiras também contribuirá para uma menor produção nesta estação. A procura da China continua a aumentar, disse o relatório. Um volume recorde de produtos lácteos foi importado durante o ano que terminou em setembro de 2016, apesar da queda nas importações de leite em pó.

A China está a importar volumes maiores de manteiga, queijos e leite fluido da Europa, bem como mais leite líquido da Nova Zelândia. A tendência para a forte procura global de manteiga deverá continuar à medida que os consumidores ocidentais optam por gorduras naturais sobre gordura processada.

A estimativa do Dairy NZ para o preço break-even (sem ganhos nem perdas) deste ano para os produtores de leite da Nova Zelândia é de US$ 0,30 (0,29 euros) por quilo de leite. Os autores do relatório disseram que esperam que a maioria dos produtores tenha lucros na estação de 2016/17 de acordo com a última previsão de pagamentos.

As informações são do Dairy Reporter, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.