FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Produção de leite da Nova Zelândia caiu 6% em fevereiro

A produção de leite na Nova Zelândia caiu  6% em fevereiro, quando comparada com o ano anterior, 1,861 milhão de toneladas contra 1,973 milhão de toneladas em fevereiro de 2014, de acordo com dados da Dairy Companies Association of New Zealand (DCANZ). A seca vem influênciando as condições de pastagem do país, à medida que a produção de leite se encaminha para a queda sazonal. Entretanto, as preocupações com a seca também vêm diminuido, de acordo com alguns relatórios de mercado.

O leilão da Fonterra, Global Dairy Trade, tem visto flutuações de preços devido a estes desenvolvimentos, aumentando quase 20% em fevereiro antes de cair para uma margem similar em março/abril. Isso demostra o quanto os desenvolvimentos da seca na Nova Zelândia podem ser a chave para os compradores se tornarem mais ativos no mercado durante os próximos meses.

A correção dos preços segue a mudança na previsão de produção da Nova Zelândia, à medida que os mercados inicialmente temiam o pior após a declaração de seca. De acordo com o economista agrícola, Nathan Penny, do banco ASB, a Fonterra foi particularmente pessimista no inicio do ano, quando sinalizou uma queda prevista de 3,3% em na produção para esta época.

Também comentou que, em contraste que o ASB manteve sua previsão de produção para todo o país (incluindo todas as industrias de processamento) de se manter estável para a época, o que equivale a uma queda de cerca de 1% para a Fonterra.

Gráfico 1 - Produção de leite da Nova Zelândia

Fonte: DCANZ

“Nós estranhámos o pessimismo da Fonterra no inicio da época. A partir dessa perspectiva, suspeitamos que esse mesmo pessimismo contribuiu para a subsequente volatilidade dos preços, particularmente quando os mercados perceberam que a previsão de produção não era assim tão má”.

Além disto, Penny disse que os mercados podem ter interpretado mal as implicações da declaração oficial de seca para algumas partes da Ilha do Sul. “O critério para declaração de seca inclui a capacidade da comunidade em lidar socialmente e economicamente com isso. Desta forma, a declaração pode ter refletido a diminuição das receitas pelos preços baixos do leite, tal como da menor produção devido à seca”.

A reportagem é do Agriland e foi traduzida e adaptada pela Equipa do MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.