ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Queijo: um mercado em mudança

O movimento “saudável” está cada vez mais no centro da vida dos portugueses. Parece haver um foco deliberado dos consumidores para abordagens mais orientadas para o bem-estar e cuidado pessoal, priorizando tempo e esforços dedicados a si mesmos. Cada vez mais, os consumidores desenvolvem as suas próprias dietas saudáveis e assistimos a uma transição para um estilo de vida mais orientado para hábitos de “Slow Food & Slow Living”, fazendo escolhas conscientes e informadas para atingir efetivamente o bem-estar físico e mental.

Neste sentido, o setor dos produtos lácteos foi um dos mais impactados durante o ano de 2017, devido à perceção negativa em relação ao leite, com uma perda de 8% em volume no leite, dificultando assim o desenvolvimento da categoria. Apenas o leite sem lactose cresceu 22% em volume, surgindo como uma das opções “healthy que mais atraem compradores (+2,4 pontos percentuais de penetração).

 

Assistimos também a uma tendência de alteração de consumo de alguns produtos nos diferentes momentos, como é o caso particular da categoria de queijos que, de forma surpreendente, perde destaque num dos seus principais momentos de consumo – o pequeno-almoço (perde 13% em ocasiões de consumo semanais) – para ganhar destaque noutros momentos do dia, passando a ser um alimento mais utlizado na hora de almoço (ganha 23% em ocasiões de consumo semanais).

 

Com o foco na seleção de ingredientes e produtos mais naturais e saudáveis, os consumidores trocam as manteigas e os queijos com maior teor de gordura por queijo fresco para barrar no pão ao pequeno-almoço (que cresce 19% em ocasiões de consumo), sendo que este tipo de queijo parece ser percecionado como uma melhor alternativa para a saúde.

A percepção negativa do leite tem também aqui um papel importante, com o leite sem lactose a surgir como uma das escolhas com maior evolução (cresce 77% em ocasiões de consumo). Volta também a ser dado foco aos cereais no pequeno-almoço, muitas vezes acompanhados de iogurtes fermentados (Skyr).

 

Constatamos ainda que entre as diferentes tipologias de lares, o target com maior consumo semanal de queijo está entre os seniores, desenvolvendo acima da média do mercado durante o ano de 2017. 

 

De uma forma geral, independentemente dos diferentes momentos de consumo, os queijos frescos e o requeijão, assim com outros queijos (por exemplo, a mozzarella fresca) são apontados como aqueles onde mais recai a escolha no consumo semanal, aumentando 23% e 11%, respetivamente.

A versatilidade de confeção e facilidade de preparação deste tipo de queijos torna-os um ingrediente que facilmente se adapta às opções mais saudáveis e naturais, que são atualmente uma prioridade nas dietas dos consumidores. As características destes produtos permitem que, inclusivamente, sejam facilmente utilizados numa multiplicidade de receitas características da dieta mediterrânica, a que os portugueses estão habituados. Por estes motivos são frequentemente opção na preparação das refeições do almoço e jantar.

Além das características funcionais do produto, os consumidores parecem guiar cada vez mais as suas escolhas associando a conveniência ao prazer, ou seja, através destas opções de queijos os consumidores parecem conseguir escrever as suas próprias definições de “saudável”, mantendo o interesse em opções convenientes sem prescindir do sabor, tornando-se assim uma “indulgência permissível”.

Parece assim existir abertura no mercado para uma variedade de formatos e formulações naturais e saudáveis de queijos, que na verdade permitam aos consumidores olhar para os ingredientes e produtos e fazer combinações que de forma a preencher as suas necessidades nutricionais e físicas ou os benefícios emocionais.

 

O artigo é da Hipersuper, adaptado pela equipa MILKPOINT.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.