ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

EUA: consumidores questionam prática de separar vitelos das mães

ANIMAIS JOVENS

EM 24/11/2016

0
0
Alguns produtores separam os vitelos para reduzir traumas, evitar doenças e aumentar a oferta de leite da vaca, mas os oponentes dizem que isso é desumano. O professor, Dan Weary, da Universidade de British Columbia, conversou com 163 pessoas sobre esse assunto. Ele descobriu que os médicos veterinários uniformemente apoiam a prática, os consumidores e ativistas se opõem a ela e os produtores estão divididos.

bezerras - leite

“As pessoas estão insatisfeitas com essa ideia de que estamos a fazer algo que parece não natural – tirando o bebé à mãe nas primeiras horas de sua vida e que precisamos ter boas razões para fazer isso”. “Estamos convencidos de que as nossas razões são boas, mas quando nos voltamos e detalhamos, descobrimos que, em alguns casos, está a faltar pesquisa”.

Weary disse que pesquisas que apoiam a separação muitas vezes não são encontradas e colocar os vitelos num regime de colostro artificial é um exemplo de prática que não é apoiada pela ciência. “Nós frequentemente fazemos um trabalho pior do que a vaca faria”.

Outra grande questão na Austrália e na Nova Zelândia é o destino dos vitelos machos do sistema de produção leiteira, sendo muitas vezes abatidos ou vendidos a processadores de carne. Weary disse que este é um exemplo de assunto que a indústria precisa de focar, porque é difícil para o público entender o que está a acontecer. “Temos esse sistema de produção que é dependente do abate de metade dos vitelos que nascem?”, disse ele. “É muito difícil para as pessoas entenderem e acho que precisamos levar isso mais a sério, em termos de apresentar sistemas que possam evitar isso”.

Ele refere que o uso de sémen sexado para ter novilhas pode ser uma forma de minimizar o problema, enquanto outros bezerros podem ser cruzados para produzir animais de maior valor para produção de carne. 

Dezesseis estados dos Estados Unidos permitiram ou consideraram leis que tornam ilegal filmar atividades nas explorações sem o consentimento do proprietário. Em New South Wales, na Austrália, há leis semelhantes e existem medidas para estabelecer leis nacionalmente. “Só de saber dessa política faz as pessoas pensarem mais negativamente sobre nós e os padrões de cuidados dos animais nessas explorações. Por isso, é importante termos paredes de vidros, que possamos convidar as pessoas para nos visitar, mostrar a distinção entre o que são práticas aceitas e os eventos maus que vemos em vídeos”. 

As informações são do ABC, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.