FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Prevenir a contaminação por aflatoxinas - Boas práticas no país vizinho

Durante o ano de 2013, foi notificado de forma reiterada a deteção de concentrações de Aflatoxina B1 superiores às permitidas pela normativa europeia.

Em Espanha, foram recebidas várias notificações relacionadas com a deteção de Aflatoxina B1, que teve como consequência, em alguns casos, a retirada de leite do mercado, uma vez que os níveis máximos permitidos de Aflatoxina M1 neste alimento, foram ultrapassados.

A Aflatoxina B1 é um metabolito  do Aspergillus flavus e Aspergillus parasiticus, que afectam o milho. A infestação é favorecida por temperaturas elevadas e períodos de seca ou outros factores que afecten a integridade dos grãos, como por exemplo insectos.


As medidas foram um resultado do trabalho conjunto do Ministério e dos vários representantes dos sectores afectados, com o intuito de minimizar a contaminação, que abrangem as várias fases da produção e comercialização como matéria prima de ração.
Destacam-se por exemplo a boa prática da exploração em solicitar informação ao fabricante de ração sobre a frequência dos autocontroles de aflatoxina B1 e  resultados obtidos bem como a  limpieza e desinfeção das instalações previamente ao processo de ensilagem.

Consulte aqui as Medidas de Boas Práticas:  www.agripoint.com.br/arquivos/portugal/AFLATOXINAS-2.pdf

http://www.magrama.gob.es/es/


0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.