FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Qual o avanço diário do seu silo?

POR RAFAEL CAMARGO DO AMARAL

E THIAGO FERNANDES BERNARDES

NUTRIÇÃO, FORRAGENS & PASTAGENS

EM 24/01/2014

0
0
O tema produção de silagem de qualidade não é apenas o saber conduzir bem a lavoura no campo, realizar a colheita no momento adequado, ser eficiente em compactação, fermentação de qualidade e esperar o momento para abertura do silo e posterior fornecimento aos animais. Além desses fatores, a abertura do silo é considerada como “um grande stress” para a silagem, pois a mesma que estava em ambiente anaeróbio e muito estável, agora na abertura é exposta ao ar, onde está presente o oxigénio. Essa é a molécula que permite que ocorra oxidação de nutrientes que, por definição, é a transformação de um nutriente em água, dióxido de carbono e calor, processo também conhecido por deterioração aeróbia.

Sabendo que a exposição da silagem ao oxigénio é um problema a ser enfrentado, cabe ao produtor lançar mão de técnicas que possam reduzir essa deterioração aeróbia para que seu rebanho receba diariamente silagem com grau de oxidação reduzido, ou em outras palavras, de maior qualidade.

Um maneio simples que pode auxiliar neste processo é o avanço diário da fatia retirada do silo. Calcular qual é este avanço é de fundamental importância para interpretação da qualidade da silagem. Nas condições de clima tropical, recomenda-se que o avanço diário do silo não seja inferior a 25 cm, o que significa um avanço de 1,75 metros/semana. Como calcular? Como cálculo do avanço diário pode ser inexato, aconselha-se a colocar uma estaca no dia x, no local onde se encontra a silagem e após 7 dias (dia x + 7) medir a distância que foi percorrida com o fornecimento da silagem.

Exemplo como este maneio pode afetar a qualidade da silagem pode ser visualizado na Tabela 1. Este trabalho realizado na Itália mostrou que tanto a temperatura da silagem como o valor de pH se mantiveram adequados quando o maneio semanal do painel teve maior avanço. A explicação para a melhor qualidade da silagem e, consequentemente, maior produção dos animais é devido ao facto de que quanto maior for o avanço, menor quantidade de oxigénio fica em contato com a silagem e menor quantidade entra para o silo. Assim, é possível reduzir o grau de oxidação dessa silagem.

A oxidação da silagem é causada por leveduras, bactérias aeróbias e fungos filamentosos. As leveduras têm maior ação sobre essa deterioração, por serem microrganismos unicelulares e, dessa maneira, capazes de metabolismo rápido. São consumidoras de compostos solúveis (como os açúcares) e do ácido lático (produzido durante a fermentação), onde no consumo deste último permite que ocorra elevação do pH da silagem, gerando condições favoráveis ao crescimento de outros microrganismos. Com maior oxidação das leveduras, a geração de calor é maior o que explica a maior temperatura das silagens (Tabela 1), onde o avanço semanal do silo é menor.



Vale a pena lembrar que maneio no pós abertura é um assunto que deve ter maiores discussões e observações na propriedade, visto que as perdas nesta fase podem ser muito elevadas. Em jeito de metáfora, um silo pode ser considerado com um ser vivo, o qual, durante a exposição ao oxigênio, exige maneios diferentes e com respostas diferentes.
Qualidade da silagem oferecida ao animal é de responsabilidade da propriedade, pois este alimento é em muitos locais o único produzido dentro da exploração, outros ingredientes e minerais que constituem a dieta dos animais, na maioria das vezes têm origem de fora de portas.


 

RAFAEL CAMARGO DO AMARAL

Zootecnista pela Unesp/Jaboticabal.
Mestre e Doutor em Ciência Animal e Pastagens pela ESALQ/USP.
Gerente de Nutrição na DeLaval.
www.facebook.com.br/doctorsilage

THIAGO FERNANDES BERNARDES

Professor do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras (UFLA) - MG.
www.tfbernardes.com

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.