FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Ordenha robotizada: uma tendência que veio para ficar

Estima-se que em 2025 metade das explorações da Europa ocidental contenham um robot. Esta tendência prende-se com os custos de mão-de-obra e com a maior facilidade no trabalho.

Os Países Baixos e a Dinamarca são líderes no número de robots de ordenha. Os dinamarqueses têm explorações maiores do que os holandeses, mas a oferta de trabalho é também baixa, permitindo a automação. Também em Inglaterra, França e Alemanha, o número de robots está a crescer de forma constante. No sul da Europa, esta tendência também se verifica, embora a um ritmo mais lento, estando no norte de Portugal a maior exploração com 6 robots de ordenha num estábulo com 400 vacas.

Nos outros continentes, quando se iniciam novas explorações, 52% optam por uma sala de ordenha convencional. Na Austrália, Nova Zelândia, China, Rússia e EUA a ordenha com robot ainda não é muito popular, devido à mão de obra barata e à escala (muitas empresas têm mais de 1000 vacas), com 1 a 5% das vacas a serem ordenhadas em robot. Muitos agricultores americanos recorrem a trabalhadores baratos, muitas vezes de origem mexicana. No entanto é nestes continentes onde existem as maiores explorações com robots de ordenha: Nova Zelândia com 24 robots para 1500 vacas, nos USA Mason Dixon farm com 20 unidades e 1200 vacas e na Rússia com 32 VMS na Rachimovo Farm com 2000 vacas.

Quando a economia recuperar, os custos por hora vão aumentar, especialmente quando essas pessoas encontrarem alternativas de emprego atraentes com horas de trabalho mais "normais". O mesmo se vai passar na Europa, crescendo ainda mais a necessidade de robotização da ordenha.
Tendo em conta a evolução das explorações leiteiras e das condições socioeconómicas, estas tecnologias estão a ter uma evolução muito significativa. Para além das crescentes vendas de robots, alguns fabricantes de máquinas de ordenha têm já em desenvolvimento acelerado o uso de braços robóticos em salas de ordenha convencionais.

Fotos BCS DeLaval

As soluções Delaval

Em 2010 a DeLaval foi a primeira a introduzir os braços do robot numa sala de Ordenha Rotativa AMR. Com dois braços a lavar e preparar os tetos, outros 2 colocar as tetinas e um quinto fazer a desinfecção, tem uma capacidade para ordenhar 750 vacas diariamente.

Estão já algumas já a funcionar em países como a Suécia, Dinamarca e Alemanha. Em França estão a ser instaladas as primeiras unidades. A Nova Zelândia é, fora da Europa, a zona onde já estão AMR em funcionamento.
Com a tecnologia do braço robotizado mais dominada, a médio prazo espera-se que estes braços sejam aplicáveis em mais tipos de salas de ordenha.

Teixeira do Batel (6 Robots de Ordenha VMS DeLaval)

Em paralelo estão ser desenvolvidas outras tecnologias de precisão para apoiar os produtores de leite na sua tomada de decisão e optimização de todas as tarefas. No controlo da qualidade do leite e saúde do úbere – Herd Navigator da DeLaval; na Alimentação com o Sistema Optifeeding uma solução completa de automatizada; a Câmara BCS que controla o índice corporal do animal, no Conforto com o Sistema BSC que de forma automática controla o melhor ambiente no estábulo – iluminação, ventilação, abertura e fecho das cortinas e limpeza dos corredores.

Sistema Optifeeding

Tudo isto controlado por um Sistema de Gestão da Exploração, que reúne todos os diferentes elementos num sistema centralizado para facilitar as tomadas de decisão- Smart Farming.

Smart Farming
 

Este artigo é da autoria da Equipa MILKPOINT, contando com a colaboração da Harker XXI.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.