ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Stock de queijo dos EUA atingiu um recorde histórico

Os Estados Unidos acumularam o seu maior stock de queijo dos últimos cem anos desde que os reguladores começaram a controlar, resultado da crescente produção doméstica de leite e do baixo interesse dos consumidores por leite.

O stock de 630,5 milhões de quilos, registado pelo Departamento de Agricultura na semana passada, representa um aumento de 6% em relação ao ano passado e um aumento de 16% desde que o excedente anterior provocou uma compra federal de queijo em 2016.

Os analistas dizem que os stocks de armazéns comerciais aumentaram devido à grande produção de leite. A procura também caiu na medida em que os refeitórios das escolas fecham para o verão e os restaurantes deixam de oferecer os doces especiais que oferecem no inverno e início da primavera.

 

estoque queijos EUA.jpg

"A produção de leite continua a aumentar e o leite precisa de encontrar um destino", disse Lucas Fuess, diretor de mercado da HighGround Dairy, uma empresa de consultoria. "A questão deste ano é que, com tanta oferta, será difícil para muitos produtores serem lucrativos".

Os excedentes de queijo tendem a crescer a cada ano. As vacas são mais produtivas na primavera, quando os dias são mais longos e a alimentação é melhor. Ao mesmo tempo, os americanos tipicamente comem menos queijo agora do que durante as férias, o ano letivo e a temporada de desportos de inverno.

Mas os excedentes de verão estão a aumentar. Melhor genética significa que as vacas produzem mais leite e consolidação significa que as explorações mantêm mais vacas. Não conseguindo vender o leite líquido, a indústria transforma em queijo, manteiga e leite em pó.

"Acredito que continuaremos a alcançar records", disse John Newton, diretor de inteligência de mercado da American Farm Bureau Federation. "Estamos a produzirmais leite. É inevitável. Esse leite precisa de ser transformado em algo armazenável.

Mas a enorme quantidade de queijo armazenado pode estar a ser um problema. Os preços dos queijos caíram nas últimas semanas, disse Fuess, uma resposta tanto ao superávite quanto às crescentes preocupações comerciais.

Essa queda é problemática, disse Mark Stephenson, diretor de análise de políticas de produtos lácteos da Universidade de Wisconsin, em Madison, porque o preço do queijo é um fator importante na equação usada pelo USDA para definir o preço que os produtores recebem pelo leite. O preço atual - US $ 33,86 por 100 quilos - está cerca de um dólar abaixo da média de 2017 e bem abaixo do preço que muitos produtores dizem que precisam para cobrir os custos.

"Quando os stocks ficam muito grandes, há queda nos preços =", disse ele. "E sim, isso recai sobre os produtores de leite".

Grupos de lácteos ainda não estão a pedir ao USDA para comprar o excedente - uma prática comum que Newton chama de “cheesing quantitativo”. Em 2016, os produtores de leite solicitaram que a agência comprasse mais de 40,8 milhões de quilos de queijo para reduzir a “montanha” de excedente de lácteos do país.

Michael Dykes, presidente da International Dairy Foods Association, disse que, embora os stocks estejam altos, ele está confiante de que os norte-americanos consumirão os produtos. Isso porque as proporções estoque-uso, uma medida da quantidade de queijo retirada do armazenamento, permaneceram constantes mesmo nesses níveis mais altos.

 

Há um senão no seu cálculo, admite Dykes: o aumento das tensões comerciais. No ano passado, os Estados Unidos exportaram mais de 341 mil toneladas de queijo para países como o México e a China. Se esses países se voltarem para a Europa para comprar queijos, o stock americano poderá crescer para níveis de crise. O USDA já começou a documentar essas preocupações entre os grandes fabricantes de queijos.

"Um dia de ordenha por semana vai para o mercado de exportação", disse Dykes. “Há muita incerteza agora. Não sabemos o que vai acontecer".

As informações são do The Washington Post.

 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.