FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Estudo avalia modelos de comunicação na medicina veterinária na área de produção animal

Um estudo publicado no Irish Veterinary Journal fez a revisão da importância das capacidades de comunicação em medicina veterinária, cada vez mais reconhecida.

Em medicina veterinária, vários estudos e documentos têm destacado a importância das capacidades de comunicação no contexto da formação veterinária, clínica e práticas de gestão. Esta capacidade de comunicação profissional referem-se à capacidade do médico veterinário para  comunicar de forma adequada e eficaz com os clientes.


O artigo refere ainda "o veterinário, que está envolvido na exploração e portanto  clínica, é muitas vezes confrontados com problemas que vão além de uma questão definida na área de atividades puramente clínicas. A medicina da produção animal é focada numa diminuição de incidência e prevalência da doença, reduzindo assim as perdas e os custos de produção e aumentando a saúde animal e, posteriormente, o retorno económico". 

O artigo acrescenta ainda que no caso das explorações, "soma-se a complexidade da comunicação em explorações com diferentes sistemas baseados em pastagens, sistemas altamente intensivo, de agricultura familiar ou ainda  detidas por empresas de maior dimensão. Por isso, é cada vez mais claro que os diferentes estilos de comunicação são necessários para atingir diferentes clientes".


A comunicação pode ser uma das causas para os produtores pararem com esquemas de fertilidade, programas de controlo da mastite ou programas sanitários, simplesmente porque os veterinários não foram capazes de comunicar seus conselhos de uma forma profissional ou entender os processos necessários.

A prática de aconselhamento veterinário na produção animal é, caracterizada por uma comunicação mais complexa em diferentes níveis: focada nas pessoas; no problema ou na solução.

Figura Original do artigo

Todas essas três formas de comunicação se sobrepõem e se completam, sendo a base de uma comunicação eficaz entre produtor e médico veterinário.

Uma vez que a comunicação não eficaz pode ser identificada uma das causas para os produtores pararem com esquemas ou programas sanitários, o artigo sublinha a importância de se incluir esta temática tão importante na formação académica do profissional.


Para ler o estudo completo (em inglês), aceda ao link: http://www.irishvetjournal.org/content/64/1/8
 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.