FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA PASSWORD SOU UM NOVO UTILIZADOR

Resistências aos Antibióticos- Riscos da alimentação de vitelos com leite de desperdício

Uma consequência inevitável no uso de antimicrobianos é o aparecimento e disseminação de bactérias resistentes e a transmissão entre estas de genes de resistência.
Apesar da natureza complexa da resistência aos antimicrobianos, a exposição a estes fármacos é considerada o fator mais importante na origem e disseminação da resistência. Por contraste, quando a utilização de antimicrobianos é reduzida ou abolida, pode ocorrer um decréscimo na prevalência de isolados resistentes (Cantón & Morosini, 2011).
A pressão seletiva imposta pela exposição de uma população bacteriana a um dado antimicrobiano está, assim, associada à resistência observada para esse fármaco.
O uso de antibióticos pode não influenciar diretamente o aparecimento de resistências ao nível das bactérias, mas pode criar um ambiente com uma pressão seletiva que favorece o aparecimento de tais resistências.
Através da alimentação de vitelos com leite contendo antimicrobianos (leite de desperdício proveniente de vacas em tratamento ou no período de intervalo de segurança) estamos a promover e disseminar este problema.
Num estudo de 2006, Berge et al., avaliaram a influência da administração profilática de um antimicrobiano (tetraciclina) por via do leite e da administração terapêutica de ceftiofur em vitelos no aparecimento de isolados de E. coli comensal multirresistente. Houve uma pressão seletiva para a ocorrência de E. coli multirresistente, surgindo 55% dos isolados multirresistentes (resistência a 2 ou mais antimicrobianos), 6% resistentes a um antimicrobiano e apenas 39% dos isolados provaram ser sensíveis (Tabela 1). Ficou, assim, provado que a exposição dos animais a um determinado antimicrobiano levou ao desenvolvimento de resistências nos isolados a mais do que um tipo de antimicrobiano.

Tabela 1- Ocorrência de resistências em E.coli após administração profilática de um antimicrobiano (tetraciclina) por via do leite e da administração terapêutica de ceftiofur em vitelos (adaptado de Berge et al, 2006).



Devido à crescente importância do tema em questão, a EFSA (European Food Safety Authority), iniciou uma rede de monitorização da prevalência das resistências de agentes patogénicos e elementos indicadores aos antimicrobianos, com base nos dados reportados pelos Estados Membros. Em 2010 a EFSA publicou um relatório sobre a prevalência das resistências entre os anos de 2004 e 2007 na União Europeia para diferentes espécies animais. Na tabela 2 estão representados os valores de resistência de E. coli comensal de bovinos no ano de 2007 a 9 antimicrobianos diferentes, reportados por 8 Estados Membros. Sendo o número de isolados obtidos para a tetraciclina de 1138, cloranfenicol de 1132, ampicilina de 983, ceftiofur de 248, cefotaxime de 761, sulfonamida de 1139, gentamicina de 886, ciprofloxacina de 701 e ácido nalidíxico de 1138.

Tabela 2 - Níveis de resistência de E. coli comensal, à tetraciclina, ao cloranfenicol, à ampicilina, ao ceftiofur, ao cefotaxime, à sulfonamida, à gentamicina, à ciprofloxacina e ao ácido nalidíxico em bovinos, declarados por 8 Estados Membros no ano de 2007 (adaptado de The Community Summary Report on antimicrobial resistance in zoonotic and indicator bacteria from animals and food in the European Union in 2004-2007, EFSA, 2010).





Durante a última década o aparecimento de resistências aos antimicrobianos tem vindo a aumentar rapidamente e bactérias como a E. coli comensal e a Salmonella spp são agora alvo de elevada monitorização, funcionando como barómetros gerais das resistências.
Mais uma vez, e tendo em conta dados apresentados, é fundamental evitar práticas que fomentem e contribuam para esta situação tais como a alimentação de vitelos com leites de desperdício contendo antimicrobianos.





Bibliografia:

- European Centre for Disease Prevention and Control & European Medicines Agency. (2009).The bacterial callenge: time to react. Stockholm: EMEA.

- European Committee on Antimicrobial Susceptibility Testing (2012b). Antimicrobial wild type distributions of microorganisms. Acedido em Abr. 2, 2012.Disponívelem http://mic.eucast.org/Eucast2/SearchController/search.jsp?action=init.

- Centeno, M. (2010). Influência do uso de fluoroquinolonas no aparecimento de Escherichia coli e Salmonella spp. multirresistentes em vitelos. Dissertação de Mestrado em Medicina Veterinária. Lisboa: Faculdade de Medicina Veterinária – Universidade Técnica de Lisboa.

- Guerreiro, Lara (2012) Influência do uso de enrofloxacina no aparecimento de resistência às quinolonas mediada por plasmídeos em escherichia coli de vitelos. Dissertação de Mestrado em Medicina Veterinária. Lisboa: Faculdade de Medicina Veterinária – Universidade Técnica de Lisboa.



4

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint.PT, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

FABIANO MARCUS DE CAMPOS

BAMBUÍ - MINAS GERAIS - REVENDA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS

EM 30/05/2014

Inês..o site da escola é http://www.cefetbambui.edu.br e o telefone é 37- 3431-4900 é só pedir para transferir para a sala do Renisson.



Desculpe a demora.
MAAIKE SMITS

LISBOA - LISBOA - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 30/05/2014

Muito interessante o artigo,

Não existe nenhum estudo sobre vitelas alimentadas com este tipo de leite e depois a prevalência de infecções durante a vida produtiva?

Eu acho que o que mais importa perceber é se na realidade as vitelas como futuras produtoras terão ou não uma taxa mais elevada/prolongada de infecções, especialmente mastites.

INÊS REBELO

ESTARREJA - AVEIRO - MÉDICO VETERINÁRIO

EM 06/03/2014

Obrigada pela dica! Não sabe como poderei ter acesso a esse trabalho?

(também estou a fazer algo do género seria interessante dar uma vista de olhos)
FABIANO MARCUS DE CAMPOS

BAMBUÍ - MINAS GERAIS - REVENDA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS

EM 04/03/2014

Legal..fiquem de olho pq o professor Renisson do IFMG-campus Bambui vem com um experimento sobre animais alimentados com leite mamitico x leite  normal ...muito bom